As Marcas e os Jogos Olímpicos: vantagens e riscos do Marketing Esportivo

Os Jogos Olímpicos são uma das mais efetivas plataformas de marketing do mundo, alcançando bilhões de pessoas em mais de 200 países. Com a aproximação da data da cerimônia de abertura da Rio 2016, mais empresas, patrocinadoras ou não, se emprenham em associar a imagem da sua marca ao evento. Isso acontece porque os consumidores hoje escolhem seus produtos cada vez menos baseados em suas características técnicas e sim atraídos pelas mensagens de benefício que as marcas conseguem transmitir e o esporte representa uma importante ferramenta de marketing neste sentido.

Além disso, o esporte tem a capacidade de atingir pessoas de todas as idades, culturas ou classes sociais e o marketing esportivo possui uma característica diferenciada, pois atinge o consumidor em seus momentos de lazer. Assim, busca-se uma identificação pessoal entre cliente e marca,ligando a empresa não somente de forma comercial ao seu público, mas também de forma afetiva, utilizando o esporte como ponte para esta conexão.

Mesmo as marcas não esportivas costumam se interessar por ações que associem sua imagem a eventos esportivos porque, assim, conseguem mostrar à população que acreditam e partilham os mesmos valores envolvidos nessa prática: disciplina, perseverança, força de vontade e determinação, por exemplo. Dessa forma, uma empresa se mantém "visível" no mercado e fortalece sua marcar diante de seus consumidores, mesmo quando todas as atenções estão voltadas para um único evento, como no caso das Olimpíadas.

Porém, é preciso cautela ao investir neste campo. Os benefícios não podem cegar os investidores para os riscos que também são muitos. Isso porque o esporte é um produto complexo, com público variado e requer um planejamento cuidadoso antes de associar a imagem da sua empresa a ele.

Destaque
Recentes
Arquivo
Tags

makemake@makemake.com.br

Rua Arandu, 789 - Brooklin

São Paulo / SP

Cep 04562-031