Comentário sobre saída da Vale do ISE

A diretora da Makemake, Tatiana Maia Lins, comentou a saída da Vale da carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bovespa para o ano de 2016 em matéria publicada pela revista Plurale, no dia 26/11/2015.

"Para a consultora de Comunicação Empresarial e Reputação Tatiana Maia Lins, sócia da Makemake Comunicação, a exclusão da Vale do Índice de Sustentabilidade da Bovespa responde, em parte, à demanda da sociedade por Justiça. "É uma forma de punir a empresa pela tragédia do rompimento das barragens da Samarco", avalia. Tatiana lembra que das três marcas envolvidas na tragédia - Samarco, Vale e BHP Billiton-, para os brasileiros, a Vale é a mais marca mais conhecida e tangível. A consultora lembra que é preciso também ponderar variáveis neste cenário. "As perguntas que ficam, no entanto, são: A Vale deixou de ser sustentável da noite para o dia? Quais os critérios usados pelo Índice para a definição de ser ou não sustentável? A Vale foi excluída, mas nele há empresas com denúncias na Operação Lava a Jato, há bancos que cobram em média cerca de 400% ao ano em juros no cartão de crédito (na Argentina, a média de juros anuais para o crédito rotativo não chega a 40%.), há empresas de telefonia que lideram rankings de reclamação de seus clientes nos órgãos de defesa do consumidor", observou a sócia da Makemake Comunicação."

Veja a matéria "Vale está fora do Índice de Sustentabilidade Empresarial da BM&FBovespa de 2016 clicando aqui.

Destaque
Recentes
Arquivo
Tags

+55 (11) 97675-9090

makemake@makemake.com.br

Rua Arandu, 789 - Brooklin

São Paulo / SP

Cep 04562-031