Buscar
  • Tatiana Maia Lins

A irresponsabilidade nossa de todos os dias


Em meio a todo este lamaçal metafórico e concreto que assolou Minas e o Brasil como um todo nos últimos dias, que já chegou ao mar destruindo ecossistemas pelo caminho e ameaçando espécies já ameaçadas de extinção, uma coisa não me sai da cabeça: precisamos de mais responsabilidade na divulgação de dados e informações nas empresas. Esta atual falta de responsabilidade em relação ao que se diz no mundo corporativo tem efeito nefasto sobre a saúde das pessoas, do planeta e das empresas. Vou dar dois exemplos para explicar melhor o que quero dizer.

Não consigo entender por que a Samarco teria divulgado em um primeiro momento que a lama não era tóxica, se soubesse que a informação não era correta. Acredito firmemente que esta informação foi divulgada porque alguém fez com que ela chegasse ao departamento de comunicação da Samarco, que, diga-se de passagem, tem gente séria. A comunicação não tinha instrumentos nem conhecimento para checar a informação no olho do furacão, acreditou na fonte e repassou a mensagem. Mas a informação não era correta. E, em vez de ser algo que diminuísse a crise, a aumentou, colocando várias pessoas em risco e causando danos tremendos aos ecossistemas. Esta informação era vital. Será que quem atestou que a lama não era tóxica tinha noção do que estava dizendo? E total embasamento para segurar esta informação?

Outro exemplo: o caso EBX. O departamento de comunicação das empresas X não inventou aquelas projeções de faturamento e de petróleo que seria encontrado nos poços. Certamente, essas informações foram repassadas por alguém dentro da empresa, que deveria ter noção da dimensão do que estava dizendo.

Se o Brasil fosse um país sério, as pessoas seriam responsabilizadas criminalmente pelas informações que repassam. E ai, quem sabe, veríamos menos afirmações categóricas vitais serem desmentidas em um espaço de tempo tão curto. Errar todo mundo pode errar. Mas há uma diferença gigantesca entre erro e irresponsabilidade.


2 visualizações

makemake@makemake.com.br

Rua Arandu, 789 - Brooklin

São Paulo / SP

Cep 04562-031